Pesquise nas páginas da Igreja:

3 de outubro de 2015

Mix católico

Os serviços de streaming de música, como o Spotify, Deezer, Groove mal começaram no país e estão bem populares, e isto é uma boa notícia: a pirataria vai sucumbindo pela criatividade das empresas online, que pagam aos produtores e artistas pelo conteúdo veiculado.

A música cristã está no mesmo barco, e está migrando para esta plataforma através de serviços agregadores, onde os músicos se inscrevem e distribuem o seu som.

Disponível para Windows Phone, Android e iOS, o MixRadio, desenvolvido para a Nokia em 2007 (lembrou do teu Nokia Xpress Music, né?), e que agora é da Line, tem um diferencial bacana: é digrátis! Ok, as propagandas que aparecem suportam o serviço, mas isso é legal também, civilizadamente falando.

Nenhum comentário: